terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Polícia Civil encontra plantio de maconha na zona rural de Bananeiras-PB

Nossa reportagem teve acesso no final da tarde desta terça-feira (24) à imagens feitas  pela Polícia Civil, durante o flagrante que foi realizado por policiais civis na zona rural de Bananeiras, brejo paraibano.

Policiais do Grupo Tático Especial da Polícia Civil,  3ª Superintendência/Guarabira, com o Dr. Diógenes, delegado de polícia  civil de Bananeiras e o Agente Zé Ailton, da mesma delegacia, desencadearam uma operação na tarde desta terça que resultou na apreensão de três pés de maconhas.

As plantas foram encontradas na localidade  de Caboclo, zona rural de Bananeiras, há cerca de  140 km da capital paraibana, João Pessoa-PB.
A informação da existência do plantio naquela localidade chegou a polícia por denúncia anônima. O delegado, Dr. Diógenes, relatou que populares informaram que havia uma movimentação estranha na casa do acusado e ainda disseram achar estranho uma plantação que ficava ao lado do quarto onde o acusado residia.

Os policiais  se surpreenderam quando ao realizar a operação se depararam com os três pés de maconha no quintal da  residência onde morava Marciel Freire dos Santos, vulgo Luiz, 21 anos de  idade, responsável pela plantação e o cultivo das plantas.

Luiz foi preso em flagrante e  na  delegacia revelou a nossa reportagem que há cerca  de um ano comprou um dólar de  maconha que veio com sementes. O acusado pegou as sementes e as plantou. "Pensei que nem  ia nascer, mas quando percebi os pés já  estavam crescendo, aí passei a cuidar dos pés, de onde, sempre que estava com vontade de dar uma pegada eu ia e tirava a quantidade necessária para eu fumar." Declarou Luiz que, disse ser viciado e chega a consumir vinte cigarros por de maconha por dia.

O  acusado deve  responder por Plantio e  cultivo de entorpecente. Art. 12 , § 1º , inc. II , da Lei nº 6.368 /76. Regime integralmente fechado. 








Por Júnior Campos
Imagens PC
Postar um comentário