quarta-feira, 13 de julho de 2011

RN - Governo do Estado recebe manifestantes da UERN

O secretário chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, recebeu na Governadoria, na tarde desta terça-feira (12), seis estudantes da UERN, que estavam acampados na Dired de Mossoró. O encontro para tratar sobre a pauta de reivindicações do movimento ficou acertado em reunião anterior, quando o secretário garantiu receber o grupo assim que ocorresse a desocupação do prédio da Diretoria Regional de Educação.

No encontro desta terça, ficou marcada uma nova reunião para o dia 22 de julho, no Campus da UERN, em Mossoró. O objetivo é discutir as reivindicações entregues pelo reitor Milton Marques ao secretário Paulo de Tarso no dia 08 de julho. Além do secretário Paulo de Tarso, a reunião na UERN terá a presença da secretária de Estado da Educação e da Cultura, Betânia Ramalho; e do secretário de Estado da Administração e dos Recursos Humanos, Anselmo Carvalho.

"A participação da juventude é bem vinda, e dentro do espírito democrático é fundamental. As reivindicações que dizem respeito à UERN têm fórum adequado na própria universidade. Com referência as demais reivindicações, permaneceremos em permanente diálogo em busca de soluções. Diálogo, conversa e entendimento não faltam. Com relação aos estudantes, o Governo tem o maior interesse no diálogo e no estabelecimento de um fórum para tratar das questões da Educação", afirmou o secretário Paulo de Tarso Fernandes.

Estiveram presentes pelo movimento de manifestantes da UERN, os estudantes Max Medeiros (aluno de História da UERN, Mossoró), Dayvison Moura (aluno de Direito da Faculdade Estácio de Sá, Natal), Thiago Rafael Freitas (aluno da Escola Peregrino Júnior, Natal), Luiz Luz (aluno de Ecologia da Ufersa, Mossoró), Daniel Henrique (aluno de História da UERN, Mossoró) e Rillen Rossy (aluno de Filosofia da UERN, Mossoró).

Os manifestantes estavam acampados dentro das dependências da 12ª Dired, em Mossoró, há 28 dias e desocuparam o prédio no início da tarde desta terça-feira. Entre as reivindicações dos estudantes estão o descontigenciamento dos recursos da UERN e a suplementação de R$ 4,3 milhões para 2011, além da disponibilização dos mesmos valores para 2012. Esses recursos seriam destinados à assistência estudantil, participação de estudantes em congressos e aulas de campo. 

Com Secom-RN

Postar um comentário