terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Projeto prevê o fim das filas para pacientes com câncer no RN

Em 2012, 6.200 norte norte-riograndeses devem ser diagnosticados com a doença. Atualmente, 41,3% dos doentes com câncer que precisam do SUS não são operados.

A deputada estadual Gesane Marinho (PSD) deu entrada nesta terça-feira (06) no Projeto de Lei que institui o programa “Fila Zero”, uma medida que visa eliminar as filas para realização de exames que verificam o estágio de evolução do Câncer nos pacientes atendidos pelo SUS e conveniados, estipulando um prazo máximo de sete dias. Segundo o Instituto Nacional de Câncer – Inca - só no próximo ano, 6.200 norte-riograndenses devem ser diagnosticados com a doença.

De acordo com Gesane, um recente levantamento do Tribunal de Contas da União identificou que o câncer é a segunda causa de morte no Brasil. “O mesmo documento mostra que 41,3% dos doentes com câncer no RN que precisam de cirurgia ofertada pelo sistema público de saúde não são operados”, afirma a parlamentar, que também solicitou através de requerimento a ampliação da oferta de cirurgias oncológicas realizadas pelos SUS no Estado.

Em Alagoas, projeto semelhante já foi aprovado. Na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo projetos que garantem maior dignidade aos pacientes que lutam contra o câncer encontram-se em fase de tramitação. O programa “Fila Zero” prevê a realização dos exames de Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, Radiografia, Ultrassom.  

Com Assessoria

Postar um comentário