sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

João de Jorge revela os últimos momentos ao lado do irmão que morreu vítima de esfaqueamento em Belém-PB.

Em uma entrevista emocionada a reportagem da Talismã FM, João de Jorge, irmão do  taxista Paulo Ferreira da Silva, 42 anos,  morto no  último sábado (03),  em Belém-PB, revelou os últimos momentos  vividos ao lado do irmão.

João disse que durante o trajeto entre Belém e João Pessoa, Paulo foi conversando e comentou que jamais pretendia acertar as contas com o acusado. Acrescentou que se preocupava muito com seus filhos, principalmente com o Cleiton, um filho muito bom, por isso não pretendia se vingar.

João disse que em alguns momentos Paulo chegou a brincar e que jamais pensou que em breve estaria enterrando seu irmão.

Paulo de Jorge era casado e pai de três filhos. Há mais de dez anos trabalhou como taxista cruzando as inúmeras rodovias do estado da Paraíba e Rio Grande do Norte. "Paulo sempre trabalhou pelo bem da família e de todos os amigos." Declarou João.

João também disse que a única coisa que não pretende fazer é se vingar. Ressaltou sua família e a família de Paulo que, agora vai precisar de todo apoio da família.

Por Júnior Campos
Postar um comentário