quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

JACARAÚ-PB. Eleição da Mesa Diretora da Casa Legislativa coloca em xeque a posição do presidente eleito e cria clima tenso no grupo situacionista

Com os quatro votos dos vereadores de oposição e um do vereador Júnior André (PSD), Gilson Duarte (PSB) que obteve 419 votos nas eleições de 2012, foi eleito presidente da Câmara Municipal de Jacaraú para o biênio 2013/2014. Não haveria problema algum nessa eleição, se o vereador Gilson não tivesse sido eleito nas urnas pelo grupo liderado pelo prefeito João Ribeiro.

O fato é que a posição do vereador não foi aprovada pelos militantes e simpatizantes do PMDB no município que já veem o parlamentar mirim como traidor.

O vereador Gilson Duarte (PSB) disse que a decisão, em aceitar os votos dos vereadores de oposição, partiu depois de perceber que não tinha espaço no grupo para se tornar presidente. Acrescentou que não ofereceu nenhum tipo de barganha aos vereadores ligada a ex-prefeita e que, gostaria que tivesse havido um a união do grupo situacionista, o que não houve. “Não senti firmeza e notei que o grupo não queria a minha pessoa como presidente.” Declarou Gilson.

Sobre seu posicionamento na casa, o vereador disse que pretende permanecer na bancada de sustentação do prefeito João Ribeiro, mas disse que em momento algum ficará em um grupo se não sentir que está tendo apoio de toda a bancada.

Para o prefeito João Ribeiro (PMDB) o que aconteceu foi uma questão da Câmara municipal. O peemedebista ressaltou que acontece em qualquer município. Disse que o fato de Gilson ter recebido o apoio da bancada de oposição para se tornar presidente da Câmara Municipal, não criará entre os dois, nenhum tipo de aresta. “Eu respeito sua decisão, apesar de não concordar.“ Declarou João Ribeiro.

Para o prefeito, Gilson tinha segurança, e sua decisão foi uma questão de conveniência, mas destacou que os poderes, Executivo e Legislativo, devem trabalhar em conjunto e lembrou que Gilson foi eleito duas vezes com sua ajuda. Acrescentou que não julga o posicionamento do vereador, mas que o povo deve fazer esse julgamento.

O vereador, em entrevista a nossa reportagem, deixou um questionamento ao declarar que pode surgir uma terceira força no município. Quem estaria nesta terceira força?

Por Júnior Campos
Postar um comentário