quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Tacima- PB. Ministério Público faz mutirão de limpeza em casa de aposentada

O ministério público da comarca de Araruna que, tem a frente a Dr. Ana Maria Por Deus Gadelha, fez um trabalho de limpeza na casa da aposentada de 84 anos, Maria Ângelus. O mutirão contou com as presenças da Vigilância sanitária e de outros voluntários.

O trabalho começou com uma denúncia anônima que levou um representante do MP até a residência da aposentada que fica na Rua Josefa Ramos, centro de Tacima. Na residência o MP encontrou um amontoado de alimentos; roupas por todos os recantos da casa e uma grande sujeira.

Beto, coordenador da Vigilância Sanitária do município que, esteve na casa a pedido do MP, calculou o amontoado de alimentos em quase uma tonelada. Todos os alimentos foram condenados. Uns estavam com a validade vencida e outros por estarem em locais inadequados e em temperatura desapropriada.

A anciã mora com um homem que pegou para cuidar quando ainda tinha dez anos. Antônio, o xuxu, como é mais conhecido, vive costumeiramente pedindo esmolas em outros municípios. Curioso é que não há a necessidade. A anciã é aposentada e ainda recebe uma pensão. Na casa com apenas duas pessoas, os dois salários, seriam suficientes.

Xuxu foi orientado a não mais pedir esmola e a cuidar melhor da higiene da casa.

O representante do MP disse que denúncias como esta é necessário para que providências sejam tomadas. “Não dá para vermos pessoas morrendo em situações de risco e não fazer nada. É preciso que o vizinho denuncie casos semelhantes a estes para que possamos fazer a coisa certa.” Declarou.

Na casa ainda foi encontrado uma quantia em espécie significativa. Por determinação do MP, será feito uma reforma na residência e comprado alguns eletrodomésticos necessário.

O caso será acompanhado de perto pelo Ministério Público.

Abaixo as imagens do  momento do mutirão de limpeza e do armazenamento em um galpão da prefeitura municipal, para onde foram levados, em um caminhão os alimentos e as roupas.









Por Júnior Campos
Postar um comentário