segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Dona Inês-PB. Agricultor já teve mais de 50 mil de prejuízos em dois anos.

Plantações de cana de açúcar, banana, palma, capim pangola, e cercas com arames; tudo destruído por animais que saem de uma propriedade vizinha. Esse tem sido o problema enfrentado há muito tempo pelo agricultor de 67 anos, Francisco Justino Alves, conhecido como Tico Justino, que reside no sítio Mela Bode, zona rural de Dona Inês-PB.

O agricultor tem uma propriedade na localidade vizinha, Sítio volta. É lá onde o problema é maior.

Os animais saem de uma propriedade vizinha, rompem as deterioradas cercas, e chegam até uma vargem onde há uma grande plantação de variadas frutas e alimentação para o gado. A destruição é total. Sem entendimento, os animais destroem as plantações, gerando um prejuízo incalculável para o agricultor.

Em 2012 o agricultor oficializou uma denúncia junto ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Dona Inês. O prejuízo foi calculado em R$ 40.218.00 (Quarenta mil duzentos e dezoito reais). O caso foi para a justiça, mas até hoje, o agricultor não teve nenhuma resposta. 

O agricultor relatou que os prejuizos são constantes, juntando tudo, daria mais  50 mil.

Temendo um novo prejuízo, seu Tico Justino, procurou um vaqueiro da propriedade  para pedir  providências, porém, nada  foi feito. A saída foi prestar um Boletim de Ocorrência no dia 02 de Fevereiro de 2012, onde pediu providências para o problema. Antes de ter uma resposta, o agricultor preparou uma armadilha para pegar alguns animais, pensando em identificar o proprietário dos animais. A armadilha deu certo, mas um animal acabou sendo sacrificado.  

O animal que foi avaliado em pouco mais de 1 mil reais, foi morto por enforcamento. Um vaqueiro da propriedade vizinha, reconheceu o animal como sendo do seu patrão, Zé Maranhão.        

Zé Maranhão é dono de muitas terras na região e, de todas, fogem os animais para outras propriedades e, mais preocupante  ainda, fogem para as  rodovias colocando em risco a vida de condutores  que trafegam pela região.

Ouça  o que relatou o agricultor. 


 Veja outras  imagens. 






Agricultor Mostrando BO

 Por Júnior Campos
Postar um comentário