terça-feira, 22 de novembro de 2011

Onda de homicídios no brejo faz mais uma vítima. Desta vez em Pirpirituba-PB.

Não passavam das 08h20 da manhã desta terça-feira (22) quando a senhora Francisca Helivânea de Araújo Pontes, ouviu do banheiro, onde tomava banho, disparos de arma de fogo que vinham da sala de sua residência. Era seu esposo que acabará de ser assassinado.

(Foto: Nordeste1)
 Edmilson Teodósio da Silva, de 39 anos, estava sentado no sofá assistindo TV, de costas para a porta de entrada da casa onde residia, quando foi atingidido por vários disparos de arma de fogo. Os disparos, pelo menos três, acertaram a cabeça da vítima que morreu na hora.

O acusado dos disparos, Francisco de Araújo Pontes, irmão da esposa da vítima, durante a fuga, tomou por refém, o senhor Antônio Ferreira Santana que, foi obrigado a levá-lo em seu veículo até a zona rural. De lá o acusado liberou o refém e seguiu a pé por dentro do matagal.

A polícia foi informada do assassinato, mas impossibilatos pela falta de uma viatura, não puderam chegar ao criminoso que, assim como a vítima, já cumpriu pena.

Muito abalada a esposa da vítima e, irmã do acusado, que está grávida de dois meses, não soube dizer o que teria motivado o homicídio. Confirmou ainda que desconhece qualquer desentendimente entre os dois.

O crime ocorreu na Rua São João, Nº 319, bairro da Caixa d'Água, em Pirpirituba, brejo paraibano.

Por Júnior Campos
Postar um comentário