sábado, 19 de março de 2011

Polícia participa de programa de rádio para falar sobre segurança pública.




Em participação ao Jornal daa 99/2ª Edição o Capitão Silva Ferreira, comandante da 3ª Cia. de Polícia Militar, sediado em Araruna-PB, falou sobre as ações da polícia militar na região do agresste paraibano.

A 3ª Cia. é responsável pelos municípios de Araruna, Cacimba de Dentro, Tacima, Riachão e Dona Inês.

Cap. Silva Ferreira assegurou que um trabalho efetivo está sendo feito no sentido de coibir a prática criminosa a roubo de motos. "Rondas noturnas estão sendo feitas em todos os municípios, a qualquer hora estamos surpreendendo os que trafegam pelas rodovias que cortam estes municípios." Disse o Capitão.

Com relação a apreensões de motos, o Capitão disse que o alvo são as motociclestas que não apresentam os documentos obrigatórios. "Entendo que a moto é hoje para o homem do campo o jegue de ontem. As pessoas usam sua moto para se transportar entre a zona rural e a cidade. Não queremos prejudicar inguém, por isso, de início estamos tirando de circulção os veículos que não têm procedência, motos com documentos, retrovisores e cano de escape silencioso, não é nosso alvo." Explicou o comandante da 3ª Cia.

O Dr. Ilamilton, delegado de polícia civil que, também participou do programa, falou sobre os trabalhos em conjunto com a polícia Militar, o que para ele tem dado muitos resultados. "O trabalho que temos feito na região já apresenta um resultado muito positivo. Apreensões de motos irregulares, de drogas e coibindo práticas criminosas em toda a região." Esplanou o Delegado.


Ao falar sobre a prática de menores em motos, o Dr. Ilamilton disse que este é um trabalho que precisa ser feito em conjunto com os pais. "Ao sair pilotando uma moto pelas ruas, o menor fica acobertado pelos pais que permitem esta prática. Isso precisar ser mudado, os pais precisam coordenar e evitar este tipo de prática." Explicou.

Os dois representantes da segurança pública falaram por uma hora sobre assuntos ligados a esta pasta respondendo a questionários de ouvintes.

Por Júnior Campos
Postar um comentário