quinta-feira, 31 de março de 2011

Jornal da 99/2ª Edição faz filantropia e meu coração se esborra de alegria.

Fazer algo por quem precisa é tão gratificante quanto tirar o sorriso de uma criança. Isso renova a alma.

Na tarde desta quinta-feira (31) conhecí a família de Dona Terezinha, uma senhora de 68 anos. Um jeito doce, inocente e uma alma pura, assim é Dona Terezinha.

Esta simpática senhora mora com um filho e, numa soma total, são 9 pessoas residindo em uma casa, vivendo com apenas pouco mais de R$ 150,00.

Dona Terezinha foi vítima de pessoas covardes e desumanas que na fragiliade desta senhora, apricaram-lhe o golpe do empréstimo. Hoje o desconto é de mais de R$ 400,00. O dinheiro do empréstimo nunca chegou às mãos dela.

Para piorar a situação, um outro filho, Paulo Aleixo de 47 anos que, agora mora na mesma casa, está doente e precisando de cuidados. Na noite da quarta-feira (30) uma vizinha testemunhou a dura experiência de ver toda a família ir dormir sem ter o que comer.

Maria José procurou a reportagem da 99,3 e relatou a situação. Não tive dúvidas, eu tinha que ir até aquela residência.

Ao chegar a casa onde Dona Terezinha reside, fui recepcionado com um sorriso arrebatador destes que penetra pelos olhos e chega a alma na velocidade da luz. Era o sorriso de Dona Terezinha. Custei acreditar que ali tivesse problemas.

Ao ouvir a narrativa de algumas pessoas que estavam ali, era hora de apelar para os homens (mulheres) de boa vontade. 

Não precisou falar muito para que gente de toda parte se comovesse com a história e tirasse do armário aquilo que lhe sobrava e lhe ofertasse como fez aquela viúva ao ofertar sua unica moeda. O bem ainda existe, pode acreditar.

Ligações diversas e ajudas de todas as partes. A Paraíba e o Rio Grande do Norte unidos por um sentimento de solidariedade radiado pelas ondas radiofônicas da 99,3.

O apelo foi feito, a resposta foi imediata.

Obrigado gente de bom coração por contribuirem. A recompensa virá do alto.

Paulo / Dona Terezinha e eu ...


Só pra registrar - Tirar um retrato com os dois é tão gratificante quanto presenciar o nascer do sol todas as manhãs quando desço pra Talismã FM.

Abraços do mago e as benção de DEUS.
Postar um comentário