domingo, 29 de maio de 2011

Descaso na saúde pública em cidades do agreste paraibano

Três unidades de saúde foram fiscalizadas pelo Ministério Público da Paraíba, na última quarta-feira (26), nos municípios de Duas Estradas e Serra da Raiz, termos da Comarca de Pirpirituba. Em Duas Estradas, o PSF 2, localizado na zona rural, teve suas atividades suspensas porque funcionava de forma precária e improvisada no prédio da Escola Municipal Clarisse Costa.

“A Vigilância Sanitária determinou a suspensão de todos os procedimentos no PSF 2, até a necessária adequação às normas sanitárias. A precariedade era geral e ensejou a adoção das medidas por parte do órgão de vigilância sanitária”, disse a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde, promotora Adriana Amorim.

Já em Serra da Raiz, foram encontrados no único PSF do município inúmeros medicamentos com prazo de validade expirado. “Havia esparadrapos vencidos desde 2009”, informou Adriana Amorim.

As inspeções foram realizadas pelo Caop da Saúde e pela promotora de Pirpirituba, Airles Kátia Borges de Souza com apoio da Agência Estadual de Vigilância Sanitária e Conselhos Regionais de Enfermagem e Farmácia. Ao todo foram inspecionados sete unidades de Saúde dos municípios de Pirpirituba, Sertãozinho, Duas Estradas e Serra da Raiz, durante esta semana.

Com Ascom
Postar um comentário