quinta-feira, 17 de maio de 2012

Repercute no estado declaração do presidente da casa legislativa de Riachão-PB.

O vereador presidente da casa legislativa do município de Riachão, Ciélio (PPS), deu uma declaração à reportagem da TV Correio que tem repercutido em todo o estado da Paraíba.

A declaração foi dada após ser liberado nesta quarta-feira (16), depois de ter ficado horas na Companhia de Polícia Militar. Atendendo a pedidos de internautas, aqui  vai a  reprodução da reportagem.

"Durante a conversa com o repórter Márcio Rangel, o parlamentar confessou que esta não foi a primeira vez que foi detido. “Até Romário que é mais rico do que eu já foi preso porque não pagou pensão alimentícia. Sou apenas um humilde vereador. Já fui preso outra vez pelo mesmo motivo e continuo sendo vereador. Não tenho vergonha de andar na rua. Não matei, nem roubei ninguém” comentou.

A prisão do vereador foi decretada na última quinta-feira (10) pela 1ª Vara da Família do Tribunal de Justiça de São Paulo, local onde sua ex-companheira mora atualmente e o acionou judicialmente por se recusar a pagar a pensão alimentícia do seu filho, que hoje já tem 21 anos de idade.

No entanto, quando o documento foi expedido, as autoridades tentaram capturar o parlamentar, mas em uma estratégia rápida, ele conseguiu fugir do bloqueio.

Quando questionado, ele também confessou a ação. “Eu fugi sim na quinta-feira passada, por que não estava preparado para ser detido. A oficial de justiça era inexperiente eu dei um ‘pitú’ nela. Quando a jovem pensou que estava em um lugar, eu já estava longe” revelou, rindo, Uciélio Aquino.

O presidente da câmara foi detido pela Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (16) e conduzido para a Cadeia Pública da cidade de Araruna. Cerca de três horas depois, ele realizou um acordo com a ex-mulher e pagou os débitos, conseguindo assim, um alvará de soltura.

De acordo com o processo, a dívida já superava a cifra de R$ 10 mil.

Perguntado sobre como este episódio pode comprometer sua pré-candidatura à reeleição, o parlamentar voltou a surpreender. “Isso foi bom demais. Agora tenho certeza que o povo vai votar em mim novamente. Sou vereador em Riachão por quatro mandatos. A oposição tenta, mas não vai me derrubar. Esse ‘moído’ só me deu foi fama” finalizou."

Por Júnior Campos
Com Portal Correio
Postar um comentário