terça-feira, 22 de maio de 2012

PARAÍBA. ALPB promove audiência pública para debater a situação da seca no estado

Deputados Federais e Estaduais, Prefeitos, vereadores e representantes da sociedade civil organizada se reuniram na ALPB na tarde desta segunda-feira (21) para discutirem formas de amenisar a situação crítica que vivem mais da metade dos municípios da Paraíba, com a estiagem que assola a região nordeste. 

O Seminário "Efeitos da seca no estado da paraíba" foi uma iniciativa do deputado estadual Anísio Maia (PT), como presidente da Comissão de Desenvolvimento da ALPB, em conjunto com a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia da Câmara dos Deputados, representada pelo deputado federal Wilson Filho.

Para o Deputado Efraim Filho, o diagnóstico da seca já é conhecida, falta encontrar a cura.

Participaram da Audiência, ente outros, os prefeitos dos municípios de Caiçara, Logradouro, Belém, Riachão, e Serra da Raiz.

Fazendo o uso da palavra, Wilson Filho expôs a situação alarmante por qual passa a Paraíba e acionou, com o Governo Federal, junto ao Ministério da Integração ações emergenciais para combater a estiagem e a sede da população. Segundo o Deputado, a primeira dessas ações se refere a Operação Carros Pipa para as cidades que decretaram estado de emergência, garantindo que se essa Operação não for realizada no prazo de uma semana, que os gestores podem procurá-lo em Brasília.

Outra medida tomada é que, após o início dos trabalhos com os carros pipa, obrigatoriamente deve ser terminada. Pois havia reclamações de que esse trabalho não era concretizado por completo.

Também foi realizada uma redução de aproximadamente 50% no preço da saca de milho que é vendida pela Conab-PB, custando, a partir dessa semana, de R$32,00 para R$18,00.

Além disso, Wilson Filho solicitou a construção de novas barragens e de novos poços artesianos, evitando assim, uma nova temporada de seca e de sofrimento vivido pela população paraibana.

Confira mais imagens em nossa GALERIA.

Por Júnior Campos
Com informações e imagens do Nordeste1
Postar um comentário