quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Jornal destaca situação da saúde em Nova Cruz-RN

A edição do jornal, novo jornal, desta quinta-feira (20) trouxe uma matéria que destaca a situação da saúde em vários municípios potiguar. O município de Nova Cruz, no agreste potiguar, foi apontado como sendo um dos municípios onde o salário é mais baixo na região.

Veja a matéria.

“Em Nova Cruz, na região agreste, a saúde também é das piores, disse a conselheira de saúde de Nova Cruz, Maria Goretti de Lima. “Nada funciona. Faltam medicamentos e os profissionais reclamam dos baixos salários pagos pelo município”, criticou. Nos quatorze postos de saúde este é o dia-a-dia que os usuários do sistema enfrentam, comentou. No Centro de Especialidade Odontológica (CEO) faltam cirurgiões-dentistas e não há instrumentos para a realização de procedimentos com a cirurgia de canal, denunciou Maria Goretti de Lima.

Também no Hospital Municipal Monsenhor Pedro Moura, a situação não é diferente. Só a urgência funciona e, muito mal, comentou. Na semana passada, ela disse que levou a mãe para o pronto-socorro e o médico pediu que o remédio para a pressão alta fosse comprado pela família porque não havia disponível na rede para os pacientes, que são enviados de ambulância para Natal e Currais Novos.

Conselheira usuária na Conferência Estadual de Saúde, Maria Goretti de Lima também criticou o fato de o município não haver pago diárias antecipadas para hospedagem e alimentação da delegação no evento.” Veja a matéria no novo jornal.

As declarações foram dadas durante a 7ª Conferência Estadual de Saúde que, encerrou ontem (19).

Por Júnior Campos
Com Novo Jornal
Postar um comentário