quarta-feira, 25 de setembro de 2013

TACIMA-PB. Mulher diz que vizinho mantem relações sexuais com animais.



A dona de casa Maria das Graças Patrício, de 44 anos de idade, residente no sítio Pombos, zona rural de Tacima, procurou nossa reportagem nesta terça-feira, 24 de Setembro, para denunciar um caso absurdo.

Dona Graças dos Pombos, como é mais conhecida, disse que na noite da segunda-feira, 23 de Setembro, ouviu barulhos vindo do seu terreiro e que ao abrir uma janela e focar com uma lanterna, flagrou o homem com as calças abaixadas mantendo relações sexuais com sua jumenta. “Eu disse; cabra safado. E ele saiu correndo levantando a calça.” Contou a mulher.

De acordo com a denúncia da dona de casa, não é a primeira vez que o seu vizinho comete esse tipo de ato. “Ele é acostumado a fazer isso. Já fez safadeza com vários animais aqui na localidade.” Denunciou.

Dona Graças dos Pombos, disse está preocupada com a sua burrinha, que tanto lhe ajuda nos afazeres do dia-a-dia. “A burrinha me ajuda muito. E com ela que eu carrego água, lenha e outras coisas. Tenho medo que ele acabe fazendo o mal a ela.” Disse preocupada.

Nossa reportagem tentou uma conversa com o acusado que disse não ter nada a declarar; apenas disse ser mentira a denúncia da Dona Graças dos Pombos.

Vizinho que preferiram não se identificar contaram que há muito tempo o homem mantém relação sexual com animais. “Ele transa com burra, cachorra, gata e a própria mãe já pegou ele transando com uma galinha.” Contou um morador da localidade que não quis se envolver no caso, por isso pediu para não ser identificado.

SAIBA MAIS

No nosso país não há uma Lei que criminalize quem pratica sexo com animais. Porém, no caso de haver maus tratos, o acusado pode responder pelo "Artigo 32 da Lei Federal nº. 9.605/98 que diz, “È considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, doméstico ou domesticados, nativos ou exóticos.” Podendo pegar de 3 (três) meses a 1 (um) ano de detenção e multa.

A zoofilia, atração ou envolvimento sexual de humanos com animais de outras espécies, é considerada uma parafilia, isto é, um padrão de comportamento sexual em que o prazer não está ligado ao ato sexual, e sim ao objeto de desejo. Tais indivíduos são chamados zoófilos.

Para o psiquiatra, doutor em Ciências da Saúde e professor da UnB (Universidade de Brasília), Dr. Rafael Boechat, não há uma causa clara ou lógica para o transtorno. Segundo ele, somente a análise aprofundada de cada caso pode permitir uma conclusão.

Direto do Blog
Postar um comentário