segunda-feira, 2 de setembro de 2013

PEDRO VELHO-RN. Doente mental que morreu queimado pode ter sido assassinado


Com exclusividade nosso blog conversou uma fonte - que não quis ser identificada - que revelou a suspeita de que, o doente mental, José Fernandes Filho, de 68 anos de idade, encontrado morto na noite da última terça-feira, 27 de Agosto, no interior de sua residência após sofrer queimaduras por todo corpo; pode ter sido assassinado.


Informações colhidas de moradores da cidade de Pedro Velho, dão conta de que o doente mental, mais conhecido como Zé Foba, que morava sozinho em uma casa localizada no centro da cidade, declarava que qualquer dia faria uma surpresa. Na noite em que o homem morreu, momentos antes, ele teria dito que iria fazer algo que chamaria a atenção da cidade.


Por volta das 22h00 da terça, populares ligaram para a polícia informando que a casa em que o homem vivia, estava pegando fogo. Foi a própria população que invadiu a casa na tentativa de salvá-lo e encontrou o corpo do doente mental em chamas. Era tarde demais. Zé Foba morreu ainda no local, antes mesmo de receber algum tipo de atendimento médico. As chamas foram ateadas em sacolas plásticas que estavam amarradas ao corpo da vítima.


De início a Polícia e a população não tiveram dúvidas de que se tratava de um suicídio. O detalhe é que na manhã da quarta-feira, 28 de Agosto, curiosos voltaram à casa e perceberam que o parte do telhado que fica na cobertura do banheiro estava danificado. A partir deste, e de outros indícios, ainda não divulgados, a população levanta a suspeita de que a vítima pode ter sido assassinada, e não ter cometido suicídio.


A polícia não descarta a hipótese, mas prefere aguardar o laudo técnico da polícia científica para tirar a conclusão. Mesmo sem a confirmação, uma fonte nos revelou que a polícia já teria um suspeito do crime, caso se confirme.

Direto do Blog
Postar um comentário