segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

RIACHÃO-PB. Agricultor é morto a paulada. O acusado é o próprio filho.


Um crime registrado na tarde deste domingo (16), chocou a zona rural de Riachão, município localizado no curitmataú paraibano, há cerca de 107 km da capital, João Pessoa.


Mauro Cândido, de 61anos de idade, residente no sítio Salgadinho, foi atingido por uma paulada, desferida pelo próprio filho, identificado como José Cândido da Silva, de 22 anos de idade. O agricultor ficou desmaiado e chegou a ser socorrido para o hospital regional de Guarabira, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.


Coordenada pelo Ten. Cel. Valério, comandante do 4º BPM-PB e pelo Capitão Silva Ferreira, comandante da 3ª Cia./PM, a guarnição composta pelos soldados Ramone, Bruno e Weverton, sob o comando do Sub-Tenente Vicente, fez a prisão do homicida horas depois do crime, quando o acusado tentava fugir para a casa de uma irmão que fica na zona rural de Tacima-PB.

José Cândido que apresentava visíveis sinais de embriaguês, não soube explicar o que teria motivado o ataque contra o próprio pai, e se mostrou surpreso quando soube da morte da vítima.
Pedaço de pau usado pelo acusado
Informações repassadas pela família dão conta de que o acusado já atentou contra a vida de populares da localidade, inclusive, em outra oportunidade, feriu a própria mãe com uma faca, e na semana passada, teria ameaçado de morte sua genitora com uma espingarda.


O homem foi conduzido para a delegacia plantonista de Solânea-PB, para os procedimentos cabíveis, onde teria dito para o delegado que atacou o pai por traz.

Por Júnior Campos

Postar um comentário