domingo, 30 de dezembro de 2012

CANGUARETAMA-RN. Professores ficam sem salário e 13º

Os professores da rede municipal de ensino de Canguaretama estão com a mão na cabeça. Além da segunda parcela do décimo terceiro ainda não ter sido paga, o pagamento do salário referente ao mês de dezembro também não foi efetuado e não há previsão para os problemas serem resolvidos. A informação foi repassada pelo professor Francisco Galvão (professor, membro do Sinte-RN em Canguaretama).

Até o dia 20 deste mês, os 60% da gratificação de Natal deveriam ter caído na conta dos servidores, mas não foi o que aconteceu. O mesmo ocorreu com a remuneração de dezembro, acordada para acontecer antes do dia 30. Apesar de constar na conta do Município R$ 1,2 milhão oriundo do Fundeb, a própria Prefeitura diz que não sabe como resolver a questão.

Procurado por um grupo de professores, o secretário de Educação Jonas Freire afirmou não ter a solução, já que o prefeito de Canguaretama, Wellinson Dantas (PR), não foi encontrado depois do resultado da eleição, tendo se manifestado apenas através de portarias exonerando quase que totalmente os detentores de cargo em comissão.

De fato, o caso foi levado para a juíza de plantão de Pedro Velho, na quinta-feira (27), que despachou pelo pronunciamento da Prefeitura em 24 horas, mas o gestor não foi encontrado para ser citado. O coordenador da regional do Sinte-RN em Canguaretama, Sérgio Borba, lamenta: “é altamente constrangedor estarmos passando por isso. Estamos diante de um caso flagrante de improbidade administrativa”.

Desde que tiveram a confirmação do não pagamento, os professores também realizam protestos em frente ao prédio da Prefeitura. A instituição financeira responsável pelas transferências declarou que não recebeu nenhuma ordem de pagamento do executivo municipal.

Com Assessoria
Postar um comentário