terça-feira, 3 de julho de 2012

PB. Trauma de CG faz balanço de atendimentos no período junino

A Unidade de Queimados do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande atendeu 103 pacientes vítimas de queimaduras, no mês de junho. Desse total, 35 pessoas foram atendidas com ferimentos causados por fogos e fogueiras. Desse total de pacientes, 26 foram crianças com idades entre zero e 12 anos.

Em 2011, no mês de junho, a Unidade de Queimados registrou 97 casos, sendo 32 provocados por fogos de artifício ou fogueiras juninas e os demais foram queimaduras provocadas por líquidos quentes, choque elétrico e outras causas.

Segundo a cirurgiã plástica, Isis Lacerda, tradicionalmente em época junina os acidentes com fogos e fogueiras tornam-se responsáveis por cerca de um terço dos atendimentos na Unidade de Queimados.

O Hospital de Emergência e Trauma é o único, em Campina Grande, que possui uma Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar. O espaço funciona 24h atendendo a população do compartimento da Borborema. A Equipe é formada por oito cirurgiões plásticos, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Por Júnior Campos
Postar um comentário