sexta-feira, 10 de agosto de 2012

RIACHÃO-PB. Justiça suspende eleição de mesa diretora e determina eleição complementar para vice-presidente da casa legislativa

Com a renúncia do vereador Ciélio a presidência da Câmara Municipal de Riachão, no curimataú paraibano, o vereador Dió, vice-presidente da Câmara, assumiu a presidência da casa legislativa, e consequentimente passou a chefiar o executivo municipal, uma vez que o prefeito Paulo Viana e o seu vice Valdo, tiveram os mandatos cassados.

Com essa mudança os vereadores, em sessão extraordinária realizada no último dia 02, formaram uma nova mesa diretora que foi eleita para os trabalhos do legislativo. 

Na noite da última quarta-feira (08) quando os vereadores se preparavam para iniciar, a que seria a primeira sessão ordinária do segundo período legislativo, um oficial de justiça entregou um mandado de segurança, com pedido liminar, onde consta que com a vacância do cargo de Vice-presidente da Câmara Municipal, deveria ter sido levada a efeito de eleição complementar para preenchimento da vaga aberta de vice-presidente da casa, mas jamais ser composta uma nova mesa diretora.

Com esse mandado de segurança, a justiça determinou a suspensão dos efeitos da eleição realizada e pede por uma eleição para preencimento do cargo de vice-presidente na casa legislativa.

Nesta quinta-feira (09) ficou decidido que na próxima quarta-feira (15) ocorrerá eleição complementar para 1º Vice-presidente e 2º vice-presidente.

Por Júnior Campos
Postar um comentário