quinta-feira, 1 de agosto de 2013

RN. Deputados e a situação da segurança pública no agreste potiguar.

Em conversa com nossa reportagem os Deputados Estaduais, Gesane Marinho e Ricardo Motta, comentaram a situação da segurança pública no estado, com destaque para a região agreste do estado.

Gesane Marinho (PSD) disse que com a chegada de Robson Faria (PSD) ao governo do estado, havia uma esperança de um olhar mais atencioso para a região do agreste, no tocante a resolver problemas na área da segurança pública. “Tínhamos a esperança de Robson Faria, juntamente com a Governadora do estado, terem um olhar mais atencioso para o agreste, mas infelizmente assim que chegou ao governo a Governadora praticamente expulsou o seu vice do governo, impossibilitando qualquer participação do Robson na gestão.” Comentou.

O Deputado Ricardo Mota (PMN), presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, disse que o problema da segurança pública no estado é um dos maiores, mas que os representantes da Assembleia têm buscado abrir esta discussão na Casa a fim de buscar uma melhora na segurança pública. Disse levar as deficiências do agreste até os setores competentes.

A região agreste é desprovida de um Batalhão do Corpo de Bombeiros, de uma unidade do ITEP; não há Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o pior, não há uma delegacia plantonista para atender aos flagrantes que são realizados pela Polícia Militar. Mas pelo que vemos esta realidade ainda está onde de ser mudada.

Por Júnior Campos

Postar um comentário