terça-feira, 20 de agosto de 2013

RIACHÃO-PB. Jovem que confessou ser o autor do homicídio de Michal Jackson cometeu suicídio

Suicida quando ainda menor de idade
O jovem identificado como Fagner Moraes Cunha, mais conhecido como Galeginho, de 19 anos, que morava na quixaba, próximo a Riachão, foi encontrado morto na noite desta terça-feira, 20 de Agosto. O jovem foi encontrado em seu quarto preso pelo pescoço a um cobertor, usado para cometer o suicídio por enforcamento.

A mãe de Galeguinho foi quem percebeu a tragédia e teria chamado seu esposo para arrombar a porta. “Quando entramos no quarto ele já estava morto.” Contou.
 
Ainda não se sabe o que motivou o suicídio, mas, a mãe revelou à polícia que o suicida, teria comentado durante o dia que, aconteceria uma coisa ruim; o que leva a polícia a entender que o ato estava premeditado.

Galeguinho foi réu - confesso no crime de homicídio contra José Ramos dos Santos, o Michael Jackson, de 53 anos; assassinado a pedradas e pauladas no final da noite do dia 15 de Abril/2012. O homicídio chocou a cidade e teve o acompanhamento da nossa reportagem .

Naquele ano, o jovem que, já respondia por furtos e roubos, friamente confessou o crime enegou a participação de outros três homens que foram apontados, pelo próprio acusado, como sendo participantes do crime. 

Desde então, Galeguinho passou a ser ignorado pelos moradores da Quixaba e da cidade de Riachão. O crime por ele praticado foi imperdoável pela população. “Quando ele chegava em algum lugar, pouco a pouco as pessoas iam saindo. Ninguém queria conversa com ele.” Narrou um conhecido do jovem ao nosso blog. Para esse popular que, preferiu não se identificar, o desprezo das pessoas pode ter sido uma das possíveis motivações para o suicídio.

A Polícia Militar isolou o local e a científica foi acionada para os procedimentos de praxe.
 
Direto do Blog 
Postar um comentário