terça-feira, 6 de novembro de 2012

EXCLUSIVO - Levantamento expõe os gastos de diárias de algumas prefeituras da Paraíba. Caiçara e Logradouro estão no topo.

Após reportagem do Jornal da Paraíba que, revelou os gastos excessivos com diárias de viagens do prefeito, vice-prefeito, secretários e funcionários, da Prefeitura Municipal de Caiçara, município distante cerca de 143 km da capital paraibana, João Pessoa, nossa reportagem fez um levantamento nos gastos dos anos anteriores do município e expõe, com exclusividade, os gastos com diárias de outros municípios da região. 

Até Agosto deste ano a prefeitura de Caiçara gastou 75.195,00 reais, durante o ano de 2011 foram 105.545,00; já em 2010 foram gastos 99.050,00 e no primeiro ano da segunda gestão do atual prefeito Hugo Alves (PMDB), em 2009, foram gastos com diárias 70.450,00. Ao todo, nos quatro anos, foram gastos cerca de R$ 350 mil reais. 

Procurado pela nossa reportagem o prefeito do município de Caiçara, Hugo Alves, esclareceu. “Não vejo como gastos excessivos. O que vejo são gastos comuns de diárias daqueles que prestam um serviço extra, ou mesmo, precisam se deslocar para resolverem questões administrativas em outros município e, até mesmo em outros estados. Como no caso de secretários e, até eu mesmo, como prefeito, muitas vezes precisamos  ir até Brasília. Há  um custo para isso. É bom lembrar ainda que qualquer secretaria do estado, funciona em João Pessoa. É impossível que você determine que alguém vá até  a  capital para resolver questões administrativas e não ofereça o suporte. ”. Sobre o fato de um município pequeno como Caiçara ter um gasto maior do que o de um município bem maior, como é o caso de Araruna que, nos primeiros oito meses deste ano gastou pouco mais de 5 mil reais com as  diárias, o prefeito disse que custa acreditar que isso seja  possível. “Como é que um prefeito vai três ou quatro vezes a Brasília, o que é comum, e ele gasta apenas 5 mil reais com diárias, se isso é gasto apenas com hotéis? A forma de prestação de contas das diárias destes municípios é que pode ser diferenciada.” Ressaltou. 

O prefeito fez questão de lembrar que as contas do exercício financeiro de sua gestão nos anos de 2009 e 2010, já tiveram parecer favorável do TCE-PB e encerrou dizendo que se existe algum servidor, secretário ou mesmo o prefeito, que recebeu as diárias de forma irregular, que o servidor devolva aos cofres públicos do município, como determina a lei.

Mas a prefeitura de Caiçara não é única a apresentar este excessivo gasto com diárias de viagens de prefeitos, vice-prefeitos, secretários e funcionários. O município vizinho, Logradouro, que é governado por um irmão do gestor de Caiçara, também apresenta gastos exorbitantes com diárias. Até Agosto deste ano foram 77.450,00, em 2011 foram 113.224,40, em 2010 foram 105.410,00 e em 2009 foram 85.420,00. Somando os quatro anos, a quantia gasta chega a R$ 380 mil reais.

Tentamos entrar em contato com o gestor do município de Logradouro, Betinho Alves, mas fomos informados que o prefeito não se encontrava na região.

Agora veja com exclusividade os gastos com diárias para viagens de prefeitos, vice-prefeitos, secretários e funcionários de alguns municípios da região. Os dados são referentes aos oito primeiro messes deste ano.

BANANEIRAS-PB. R$ 66.290,00 
SOLÂNEA-PB. R$ 50.220,00 
RIACHÃO-PB. R$ 34.300,00 
PEDRO RÉGIS-PB. R$ 33.060,00
TACIMA-PB. R$ 32.205,00 
BORBOREMA-PB. R$ 32.043,19
SERRARIA – PB. R$ 27.350,00 
BELÉM-PB. R$ 24.320,00 
JACARAÚ-PB. R$ 24.182,00 
PIRPIRITUBA-PB. R$ 18.860,00 
CACIMBA DE DENTRO-PB. R$ 16.590,00
DONA INÊS-PB. R$ 11.170,00
LAGOA DE DENTRO-PB. R$ 10.620,00
SERRA DA RAIZ-PB. R$ 10.570,00
PILÕES-PB. R$ 6.470,00 
ARARUNA-PB. R$ 5.150,22

Você pode conferir estes dados acessando o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, para isso, basta acessar www.sagres.tce.pb.gov.br

Os gestores de outros municípios, citados na reportagem, não foram procurados pela nossa equipe, tendo assegurado, o direito de resposta, caso desejem.

Por Júnior Campos
Postar um comentário