quinta-feira, 15 de novembro de 2012

DONA INÊS-PB. Após 5 dias de buscas idosa desparecida é encontrada

As buscas pela idosa de 83 anos de idade, Lourdes Justino, conhecida como Dona Rosa, duraram 5 dias e contou com as participações de familiares, amigos e policiais militares, comandados pelo Capitão PM Silva Ferreira.

Desaparecida desde o sábado (10) quando saiu de casa com destino à capela da cruz da menina, dona Rosa foi motivo para um clima de mistério que envolveu a todos do município. A localidade de onde a idosa desapareceu é envolvida por um clima de mistério. De lá duas pessoas já desapareceram; uma nunca foi encontrada.

Supeita deter sido vítima de violência, a idosa foi procurada incansavelmente por populares que buscavam uma resposta para seu desaparecimento. As pistas do seu paradeiro só vieram na terça quando um par de sandálias, usados pela anciã, foi encontrado em uma vareda.

Na manhã da quarta-feira (14) as buscas se intensificaram e por volta das 11h30, um popular conhecido como Betinho, chegou ao corpo da dona Rosa que estavaem uma capoeira na localidade conhecida como Assentamento Tanques, distante cercade 8km da cidade de Dona Inês.

Apresentando sinais de morte natural o corpo da idosa estava com a pele queimada, supostamente pelo sol, considerando o tempo que ficou exposto. A perícia foi acionada e deve nos próximos dias apresentar um resultado da perícia. O corpo da idosa foi conduzido para passar pelo exame cadavérico. 

Animais possivelmente comeram parte do pé da idosa.

Capitão PM Silva Ferreiraparticipou de todos os momentos de buscas

CB P. Carlos ao lado do corpo

 
Por Júnior Campos

Postar um comentário