quarta-feira, 29 de maio de 2013

JACARAÚ-PB. Bando estoura Banco do Brasil e explode caixa eletrônico

A cidade de Jacaraú, localizada no vale do mamanguape paraibano, foi alvo de uma ação criminosa na madrugada desta quarta-feira (29) quando um bando invadiu a cidade e explodiu os caixas eletrônicos da Agência do Banco do Brasil.

Segundo moradores da cidade, cerca de dez criminosos teriam chegado à Agência por volta da 01h40, em um veículo tipo camionete, de cor prata, com o apoio de motos. A ação durou pouco mais de 10 minutos e o bando fugiu levando o dinheiro de um dos caixas eletrônicos. 

Em diligências as polícias militares da Paraíba, sob o comando do Capitão Alberto Filho, e do Rio Grande do Norte, sob o comando do Major Tavares, conseguiram seguir pistas que deram o destino dos acusados até a zona rural de Montanhas-RN, onde foram encontrados grampos, usados para impedir a perseguição policial e um pedaço do caixa eletrônico.

A partir desse ponto, a polícia não soube mais do paradeiro do bando, considerando que o local é de difícil acesso e conta com várias rotas de fuga.

O Capitão Alberto Filho destacou que a ação criminosa aconteceu exatamente no momento em que a polícia estava concluindo um planejamento de segurança para esses dias de pagamentos. “Nós estávamos com o planejamento pronto, e infelizmente os criminosos se anteciparam a ação preventiva e praticaram o crime.” Comentou o Capitão.

O comandante da companhia relatou que antes de realizar a ação, os criminosos já deixaram grampos espalhados na estrada, o que atrasou a chegada da polícia ao local do crime. “Encontramos vários veículos com os pneus furados na estrada, inclusive os da viatura em que eu estava também foram danificados, o que atrasou a nossa chegada à cidade.” Conversou.

Para não se perder durante a fuga, os acusados teriam marcado com pedaços de panos e bolas coloridas as, estacas que ficam as margens da estrada carroçável, por onde empreenderam fuga.

Mesmo com as polícias da PB e do RN, trabalhando em conjunto, não foi possível chegar aos criminosos.

Por Júnior Campos
Com imagens compartilhamento no Facebook
Postar um comentário