sábado, 18 de maio de 2013

BANANEIRAS-PB. Prefeitura mobiliza comunidades para construção do seu orçamento participativo popular.


Orçamento Participativo Popular faz parte do plano de governo 2013/2016.

O prefeito Douglas Lucena, já mobilizou toda a sua equipe visando à realização do Orçamento Participativo Popular do Município de Bananeiras, e nesta terça feira dia 21 de maio a partir das 8:00hs., no Espaço Cultural “Oscar de Castro”, o edil bananeirense estará lançando o projeto, que será executado durante os messes de maio e junho e julho, através das assembléias regionais que acontecerão em seis localidades do município, encerrando a primeira etapa com uma grande assembléia na cidade de Bananeiras. De posse das reivindicações o Conselho eleito durante o processo estará se reunindo para a sistematização das propostas viáveis e conseqüente apresentação do documento a ser inserido no orçamento municipal para o ano de 2014. O prefeito Douglas Lucena, enfocou que durante a sua campanha fazia menção da participação popular na elaboração do orçamento municipal, proposta esta que foi absorvida pelo eleitorado bananeirense e que para alegria de todos será colocado em prática.

Orçamento participativo Popular

O Orçamento participativo é um espaço onde os/as cidadãos/ãs Bananeirenses, são convidados/as a participar das decisões do Governo Municipal dizendo onde e como acham que o dinheiro público deve ser usado, bem como quais são as obras, serviços e ações mais urgentes para o município, contribuindo assim com o Orçamento Público Municipal.

Bananeiras sai na frente, sendo um dos poucos municípios do país a implantar este instrumento de democracia participativa, com o compromisso de envolver a população e juntos dar os indicativos das ações a serem desenvolvidas pela gestão municipal, bem como conhecer os problemas e melhorar o transito das informações sobre o melhoramento do instrumento.

A construção de obras, a prestação de serviços e a concessão de benefícios pelos governos federal, estadual e municipal como a construção e funcionamento de hospitais, de escolas, obras de saneamento etc., todos dependem do orçamento público, nele os governantes estimam o que vão arrecadar e como devem gastar os recursos obtidos com os impostos pagos por cidadãos e cidadãs, daí a importância da participação, acompanhamento e fiscalização na elaboração das peças orçamentárias.

Com CODECOM-PMB
Postar um comentário