quinta-feira, 9 de maio de 2013

GUARABIRA-PB. Suspeitos de participação em crime contra taxista são identificados. Polícia divulga imagens.



As Polícias Militar e Civil, depois de receber denúncias anônimas, conseguiram identificar os suspeitos de praticarem o crime contra um taxista da cidade de Guarabira na noite da última terça-feira.

A identificação veio depois de uma ligação anônima que indicou a casa onde os criminosos estavam. As polícias civil e militar montaram uma força tarefa, mas ao chegar no local indicado, os suspeitos conseguiram fugir por telhados de casas vizinhas. Os jovens residem no bairro do Rosário na capital do brejo e de acordo com uma mulher que foi presa em uma das residências abordadas pela polícia, os suspeitos saíram de Guarabira na terça com destino ao bilimguim, no município de Tacima-PB, onde o crime ocorreu (Veja o caso).


Nenhum dos suspeitos foi localizado, mas para a polícia não restam dúvidas da participação do bando no crime. “Depois das investigações concluídas, acreditamos que esses jovens são responsáveis pelo bárbaro crime que por pouco não tirou a vida do senhor Josuel. Com as imagens divulgadas, cresce a certeza de que será questão de tempo para chegarmos aos suspeitos.” Relatou o Policial do Grupo Tático Especial (Polícia Civil/3ª DRPC-Guarabira), Pereira.


Os suspeitos foram identificados como; Even Arley Barbosa, vulgo “Felipe”, Carlinhos, Jeferson e um quarto assaltante que ainda não foi identificado. Felipe é apontado pela polícia como sendo um criminoso perigoso que já tem passagens pela polícia por tentativas de homicídios e outros crimes.


Denúncias sobre o paradeiro do bando pode ser realizadas pelo 197. A identidade do denunciante é preservada.


Durante as buscas pelos suspeitos, a polícia prendeu Rita de Kássia Freitas Bezerra, 19 anos, residente na rua São Severino, nº34, Guarabira-PB, companheira do Felipe. Com ela a polícia encontrou 200 gramas de entorpecente semelhante a maconha. 

Por Júnior Campos

Postar um comentário